quinta-feira, 16 de abril de 2009

Escolho meu amigos pela cara lavada e pela alma exposta.
Não quero deles só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria...
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Quero amigos sérios daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos, nem chatos.

Um comentário:

Nã :} disse...

que mistureba nessa foto!
asiudahoiudashds
tao lindas, sis